Salicórnia - o sal verde

Salicórnia, sal verde ou espargos do mar. Estas são as diferentes designações para esta planta, que surge, agora como o sal saudável.

Imagem retirada do Google Images
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a ingestão de sal recomendada diariamente é de 5g, e estudos revelam que em Portugal este consumo está cerca de 3 vezes acima do valor recomendado. O que por todos os riscos associados ao consumo de sal é alarmante.

Desde já confesso-vos que gosto de refeições bem apuradas e condimentadas e que tenho "mão pesada" para o sal, mas por ter consciência de todos os seus malefícios para a saúde, cada vez mais estou a tentar introduzir novos hábitos como substituir o sal por ervas aromáticas, flor de sal e agora a salicórnia.

Como já vem sendo habitual e, talvez porque o trabalho é quase a nossa segunda casa, que é de lá que nos surgem muitas das nossas publicações e esta não foi exceção.
Num dia em que se discutia os malefícios do sal e a possibilidade de o substituir na preparação dos refeições que alguém falou da salicórnia. Claro que me suscitou logo interesse e pesquisei mais sobre a sua origem, propriedades, benefícios e utilização. E é o resultado desta minha pesquisa que hoje venho partilhar com vocês.

O que é a salicórnia?

Diz-nos a nutricionista Ana Bravo no seu blog, que esta é uma planta que se desenvolve em ambientes salinos, tecnicamente falando, é um planta halófita. Se durante muitos anos foi considerada desnecessária e era vista como um "erva daninha", esta aparece agora como um produto de excelência pelo sabor salgado que confere à alimentação, mas sem os já conhecidos malefícios do sal.

A salicórnia é também rica em vitamina A, B e C, e em minerais como ferro e cálcio.

Onde comprar?

Pela minha procura não existe ainda em todas as superfícies comerciais. Onde encontrei foi na área de frescos do Jumbo. Um pacote de 100gr custou 2,48€.

E aproveito agora para divagar sobre algo que me revolta substancialmente, que é existir (felizmente!) cada vez maior preocupação da OMS, do governo e do Sr. Ministro da Saúde na promoção de hábitos de vida saudável, mas depois temos uma disparidade brutal de preços entre o que é saudável e o que está cientificamente comprovado trazer malefícios para a saúde. Deixo em baixo uma comparação relativamente a este tema.



Mas enfim, deixando de lado esta minha revolta e voltando ao tema em questão...

Perguntam vocês: como utilizar a salicórnia nos meus cozinhados?
É mais comum a sua utilização em saladas, sopas e pratos de peixe, mas é possível utilizar em diversas receitas, o que é preciso é imaginação. 
Como podem ver eu utilizei para temperar os tomates cherry do pequeno-almoço e, também, num refogado de cogumelos e delícias do mar a que juntei uns raviolli de requeijão e espinafres, o que ficou delicioso para o jantar.



E o sabor é efetivamente salgado? Hum, sendo muito sincera não, não é, mas satisfaz. Ainda não experimentei em todas as receitas e acredito que, em alguns pratos, não dê o sabor desejado, mas juntando com outros temperos e especiarias, sim é possível a sua total substituição relativamente ao sal.

E vocês, dream girls, já conheciam esta planta? Já utilizam a salicórnia nas vossas refeições? Qual a vossa opinião?

Sorriam e Sonhem Sempre Mais*





Healthy-food, os hábitos alimentares estão a mudar

24 comentários:

  1. Fantastic post dear!
    Enjoy the day :)

    http://itsmetijana.blogspot.rs/

    ResponderEliminar
  2. Eu tambem ando à procura de substitutos do sal. Tenho historial de doenças cardíacas na família e não quero sofrer de igual forma. Bom post, obrigada pela partilha de conhecimento relativamente a este ingrediente ^^

    Miss DeBlogger | missdeblogger.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que ajudamos :) Que bom teres essa consciência que é desde jovem que devemos prevenir.

      Beijinho*

      Eliminar
  3. Não fazia ideia de que isto existia, por acaso tenho tendência a cozinhar mais para o "insosso", gosto mais de ervas e especiarias do que de sal, mas é sempre bom ficar a conhecer estas alternativas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que bem fazes, eu estou a tentar habituar o meu paladar :)
      Bom fim-de-semana*

      by Tatiana*

      Eliminar
  4. I'd love to try it, now I'm eating healthier so I think I'll like it ^^
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I'd love to try it, now I'm eating healthier so I think I'll like it :)

      Eliminar
  5. Não conhecia, e sinceramente nunca pensei em substitutos de sal, mas gostei da ideia.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que bom que transmitimos uma nova ideia saudável Valéria :) Beijinhos*

      Eliminar
  6. Nunca utilizei ou comprei, mas parece-me uma boa opção....pena o preço exagerado. Realmente tudo o que é saudável é caro.....isso deixa-me muito triste, sinceramente :(

    Beijinhos e bom Domingo <3
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim deixa-me não só triste mas revoltada, o acesso à saúde deveria ser equitativo! :(

      Beijinhos e bom inicio de semana para ti*

      Eliminar
  7. I've never tried it but it looks very yummy ^^
    thanks for your comment have a nice day :D
    kisses!!

    http://lalabetterdayz.blogspot.co.uk/

    ResponderEliminar
  8. Acho que cá em casa nunca usamos e penso que precisava de um kilo por refeição para satisfazer o meu pai ahaha

    Yellow Rain

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah o que me ri com o teu comentário x'D

      efetivamente, infelizmente, a população mais velha tem o paladar um pouco mais apurado, e não dispensa uma boa quantidade de sal. Experimentei por apenas uma pitada de sal normal e completar com salicórnia, salgado mas com menos malefícios :) Pela saúde de toda a família.

      By Tatiana*

      Eliminar
  9. Eu não conhecia esse substituto do sal. Só é triste saber que o mais saudável é o mais caro. Ainda bem que não gosto muito de sal e as vezes até consumo alguns alimentos sem sal, como saladas e batatas.
    Beijinhos!

    galerafashion.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom mesmo que consegues :) eu nas salada por exemplo não dispenso uma pitada de sal e muitaaas ervas aromáticas!

      By Tatiana*** Beijinho

      Eliminar
  10. Não conhecia e gostei muito de saber (o consumo excessivo de sal, para ser honesta, é algo que me deixa muito assustada, bem como o de açúcar) obrigada por partilhares!!

    beijinhos
    http://lostin-thestatic.blogspot.pt /

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como a nós, por isso temos a necessidade de partilhar conteúdos como estes. Por um mundo mais saudável :)

      Beijinho*

      Eliminar
  11. Respostas
    1. É uma excelente alternativa ao sal. Por aqui estamos a tentar usar mais salicórnia :D

      Beijinhos.

      Eliminar

Com tecnologia do Blogger.